UFC - PPG

Aditivos ao Edital 01/2023 - Seleção para os Cursos de Mestrado e Doutorado em Patologia

O Programa de Pós-Graduação em Patologia lança ADITIVOS ao Edital 01/2023, referente ao processo seletivo de Mestrado e Doutorado em Patologia 2024.1.

VEJA AQUI - Aditivo I

VEJA AQUI - Aditivo II

 

 

Edital publicado - Mestrado e Doutorado em Patologia - 2024.1

Cartaz Seleção MESTRADO e  DOUTORADO em PATOLOGIA

 

 

O Programa de Pós-Graduação em Patologia lança edital de Mestrado e Doutorado para o ingresso de alunos na turma 2024.1. As inscrições ocorrerão no período de 02 a 16 de outubro de 2023, para o preenchimento de até 12 (doze) vagas para o Mestrado e de até 08 (oito) vagas para o Doutorado.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O EDITAL

 

 

Faculdade de Medicina recebe coordenador da área de Medicina II da Capes

 

 

A convite da Pós-graduação em Patologia (PPGPATO), Julio Croda se apresentou ao PPGPATO em comemoração aos 10 anos de início do Doutorado Interstitucional (DINTER) em Medicina Tropical.

 

Foto site e UFC

 

 

No dia 11 de agosto a Faculdade de Medicina da UFC recebeu, a convite do Programa de Pós-graduação em Patologia, a visita do coordenador da área de Medicina II da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Júlio Croda. Estiveram presentes também a coordenadora do Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz-RJ), profa. Vanessa de Paula, Profa. Livia Villar (IOC/Fiocruz-RJ), prof. Filipe Costa(IOC/Fiocruz-RJ), profa. Carla Fernandes (coordenadora Fiocruz-Ceará) e prof. Carlile Lavor (ex-coordenador Fiocruz-Ceará). O evento ocorreu no auditório do Bloco Didático Ronaldo Ribeiro.

Na ocasião, prof. Júlio Croda falou sobre a Ficha de Avaliação da Capes e destacou a importância da produção discente vinculada a produção docentena Ficha de Avaliação do programa de pós-graduação.

“Existe a proposta de não utilizar mais o sistema QUALIS na avaliação, e passar a usar indicadores com dados mais precisos. Acreditamos que isso tornará o processo menos dependente de fatores externos, o que oferecerá mais transparência à avalição”, adiantou. Também mostrou que o processo avaliativo da Capes é mais orientador do que punitivo. 

Durante o evento emcomemoração aos 10 anos de início do Doutorado Interstitucional (DINTER) em Medicina Tropical em colaboração entre o Programa de Medicina Tropical do (IOC/Fiocruz-RJ) e o PPGPATO (UFC), foram ouvidos os coordenadores e docentes de ambos os programas, bem como doutores egressos DINTER. Houve o testemunho das experiencias e dificuldades vivenciadas durante o programa DINTER.

O êxito do Doutorado Interinstitucional (DINTER) em Medicina Tropical, promovido pelo IOC em colaboração com a Universidade Federal do Ceará (UFC), também foi um dos pontos abordados por Julio Croda, sobretudo em relação à importância da criação de novos programas de pós-graduação no Norte e Nordeste do país.

Complementando o assunto, profa. Vanessa de Paula, coordenadora do Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical do Instituto, ressaltou quão enriquecedora foi a experiência do DINTER para ambos os programas.

O PPGPATO forma mestres e doutores qualificados para o desenvolvimento de pesquisas básicas e aplicadas em doenças infecto-parasitárias e oncologia, atuando em questões ligadas aos aspectos clínicos (hospedeiro e patógeno), epidemiológicos, laboratoriais e alterações morfológicas dos agravos.

Iniciado em 1993, o curso já formou 288 mestres. A primeira turma de doutores titulados ocorrerá até 2025. Nas últimas avaliações da Capes, referente aos períodos 2013-2016 e 2017-2020, o PPGPATO manteve o conceito 4, portanto o programa tem como meta principal elevar este conceito.

 

 

 

Calendário de módulos 2023.2

 
 

SEMESTRE LETIVO

09/08 a 09/12

2a-feira

3a-feira

4a-feira

5a-feira

6a-feira

2023.2

Seminários em Patologia II:

Fernando Schemelzer e convidados

 

11h-12h

     

15/08 a 05/12

Modelos experimentais animais para estudo da lesão celular e tecidual ocasionadas por quimioterapia e radioterapia

Conceição Dornelas

 

 

8 - 12h

8 - 11h

     

14/08 a 05/09

Biologia Molecular:

Cristiane Frota, Lucas Lima, Howard Lopes

   

8h - 12h

 

8h - 12h

16/08 a 15/09

Grupos bacterianos associados a infecções humanas

Cristiane Frota

 

8h-12h

   

8h-12h

26/09 a 24/10

Oncologia:

Paulo Roberto Carvalho e Roberto Cesar Pereira

8h - 12h

 

8h - 12h

   

25/09 a 01/11

Epidemiologia aplicada à patologia clínica e experimental

Luciano e Henrique

8h – 12h

 

8h – 12h

   

13/11 a 11/12

Análises de dados biológicos: aplicações teórico-práticas no spss

Howard

       

13h às 17h

10/11 a 01/12

Clinica das Doenças Infecciosas e Parasitarias

Anastácio Queiroz e Margarida Pompeu

     

8h – 12h

 

14/09 a 07/12

 

 

 

Comemoração DINTER 10 anos

 

 

 Banner de divulgação - DINTER 10 ANOS 2

 

O Doutorado Interinstitucional (DINTER) em Medicina Tropical foi uma parceria acadêmica e científica que teve como objetivo a aquisição de experiência administrativa, científica e tecnológica, como preconizado pela CAPES, para a formação de recursos seres humanos qualificados para o desenvolvimento socioeconômico-cultural, científico-tecnológico e de inovação.

As instituições participantes foram o Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical do Instituto Oswaldo Cruz, como proponente, e o curso de mestrado em Patologia UFC, como recepcionista, nas seguintes linhas de pesquisa: infecções parasitas e oncologia.

Após a formação de 10 médicos, vamos comemorar 10 anos de DINTER com evento no dia 11 de agosto de 2023, das 8:30 às 16:00, no Bloco Ronaldo Ribeiro Didicto (UFC).

Todos convidados para esse momento importante do PPG em Patologia!